A bancada federal do estado do Mato Grosso, composta por 8 deputados, sofrerá mudanças em 50% nas eleições de outubro de 2018. Desses, 4 tentarão renovar o mandato, índice inferior a 2014, 2 buscarão ocupar cadeira no Senado Federal, 1 é suplente de candidato ao Senado e 1 desistiu de disputar o pleito.

Leia também:
Câmara: 407 recandidataram-se; 106 têm outras opções

Dos 54 senadores (2/3), 32 tentam a reeleição em 2018

No pleito de 2014, a renovação foi de 50%, quando 5 deputados tentaram a reeleição e 4 deles tiveram sucesso nas urnas.

A maioria do eleitorado mato-grossense é composta de mulheres. Do total de 2.266.325 eleitores cadastrados no estado, 1.139.780 são do sexo feminino, o que corresponde ao percentual de 50,2%. Quanto à faixa etária, a concentração maior está entre os 45 a 59 anos, que contabiliza 544.918 eleitores, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso.

O percentual de eleitores masculinos está em 49,69%, o que corresponde a 1.126,040 eleitores. Em relação à idade, o menor quantitativo de eleitores está na faixa etária de 16 e 17 anos, no total de 29.460 cadastrados. No caso desses eleitores, o voto é facultativo, assim, como os que possuem idade acima de 70 anos, que chegam a quase 136 mil.

Segundo as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral, no estado, cada 1 das 8 vagas será disputada por 135 candidatos. São 16,8 candidatos por cadeira. No pleito de 2014, foram 113 postulantes.

Nós apoiamos

Nossos parceiros