Depois da publicação da MP 1.031/21, que cria as condições para a privatização da Eletrobras, estatal vinculada ao Ministério de Minas e Energia que responde por 30% da energia gerada no País, o presidente Bolsonaro, em ato simbólico, vai ao Congresso Nacional e entrega que tramita como PL 591/21 que visa a privatização da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos).

Nós apoiamos

Nossos parceiros