O diretor da Sucursal da Folha de S.Paulo, em Brasília, Leandro Colon repercutiu que o CMN (Conselho Monetário Nacional) decidiu aumentar, em reunião, nesta terça-feira (31), o limite máximo para o valor de imóveis que podem ser financiados com o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

fgts caixa sfh

Esse teto passará de R$ 950 mil, para compradores de imóveis em São Paulo, Minas Gerais, Rio e Distrito Federal, para R$ 1,5 milhão em todos os estados, informa Maeli Prado.

O conselho ainda decidiu flexibilizar a regra do percentual que os bancos precisam aplicar em crédito imobiliário, permitindo que usem parte dos recursos para financiar imóveis fora do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).

Nós apoiamos

Nossos parceiros