DIAP lança a “Radiografia do Novo Congresso” 2019-2023

Share

A publicação, 7ª edição, traz informações qualitativa sobre os índices de renovação das 2 Casas do Congresso. Por meio desta trabalho, se conhecerá a dança das cadeiras, saberá quem ganhou e quem perdeu em termos partidários, identificará os parlamentares mais influentes que chegam ao Parlamento brasileiro, terá informações sobre os parlamentares eleitos com seus próprios votos, além de conhecer a agenda prioritária do novo governo que depende do Poder Legislativo.

O DIAP lança, nesta sexta-feira (1º), quando se inicia o ano político/legislativo, com a abertura dos trabalhos do Congresso Nacional, a 7ª edição da “Radiografia do Novo Congresso”. Publicação da série Estudos Políticos, que registra e analisa o processo eleitoral, pontuando seu eixo central e suas principais características, traça o perfil socioeconômico da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, além de relatar detalhadamente a situação de cada um dos atuais e novos parlamentares em suas respectivas unidades da Federação.

A partir de informações qualitativas e quantitativas, a equipe do DIAP oferece à sociedade em geral e às lideranças sindicais em particular um verdadeiro mapa do Poder Legislativo.

Conteúdo da publicação
Nesse número da série Estudos Políticos, o leitor encontrará informações sobre os índices de renovação das 2 Casas do Congresso Nacional, conhecerá a dança das cadeiras, saberá quem ganhou e quem perdeu em termos partidários, identificará os parlamentares mais influentes que chegam ao Parlamento brasileiro, terá informações sobre os parlamentares eleitos com seus próprios votos, além de conhecer a agenda prioritária do novo governo que depende do Congresso.

Trata-se, portanto, de publicação de referência, que vai ser de grande utilidade para todos aqueles que se interessam pelo processo político e eleitoral do País, notadamente pela profunda análise que é feita das eleições majoritária — presidente, governadores e senadores — e proporcional — deputados federais, estaduais e distritais.

Por último, registre-se que o DIAP publica estudos sobre novas legislaturas desde 1990, sob a forma de boletim especial, e está em sua 4ª edição, sob o formato de livro, portanto, com status de publicação específica, dentro da série Estudos Políticos.

capa radiografia 2019

Nós apoiamos

Nossos parceiros