Mulheres receberam 60% dos votos à Presidência da República

Share

Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) tiveram dez vezes mais votos que candidatas em 2006. Números são expressivos, mas ainda muito aquém de representar a grandeza e necessidade da representação feminina

Com duas mulheres, Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV), liderando a disputa pela Presidência da República, mais de 60% dos eleitores brasileiros que compareceram às urnas neste domingo votaram em candidatos do sexo feminino para o cargo, segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Dilma obteve 47.648.340 votos (42,85% do total, ou 46,9% dos votos válidos), e Marina 19.635.814 votos (17,66% do total, ou 19,33% dos votos válidos).

Na eleição passada, em 2006, havia somente uma candidatura de maior destaque de uma mulher à Presidência, a de Heloísa Helena (PSol), que recebeu 6.575.393 votos (6,27% do total, ou 6,85% dos votos válidos).

Naquela ocasião, havia também uma candidata de pouca expressão, Ana Maria Teixeira Rangel (PRP), que recebeu apenas 126.404 votos (0,12% do total ou 0,13% dos votos válidos).

Senado
O aumento na votação em mulheres para a Presidência também foi verificado na eleição para senadores.

Em 2006, quando cada um dos 26 estados e o Distrito Federal elegeram apenas um representante cada um ao Senado, foram três as mulheres eleitas senadoras. Nas eleições deste ano, quando cada estado e o Distrito Federal elegeram dois senadores, foram eleitas oito mulheres no total.

Nas eleições para governador, em 2006 foram eleitas três governadoras, e outras duas mulheres chegaram ao segundo turno, mas acabaram derrotadas. Neste ano, duas mulheres foram eleitas governadoras já no primeiro turno, e outras duas ainda disputarão o segundo turno.

Apesar do aumento da votação em mulheres, os homens ainda dominam a política brasileira - algo não muito diferente do que acontece na maior parte do mundo.

Segundo dados da agência da ONU para igualdade de gêneros, no início deste ano apenas 15 países tinham mulheres como chefes de Estado ou Governo (excluindo rainhas que são chefe de Estado).

Em todo o mundo, a porcentagem de mulheres parlamentares era, em maio deste ano, de 19,1%. Em 1995, esse porcentual era de 11,3%. (Fonte: BBC Brasil)

Nós apoiamos

Nossos parceiros