Veja mais Agência DIAP

Benefício: aposentados recebem apoio de Temer no acordo para reajuste

Share

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB/SP), prometeu aos aposentados e pensionistas insistir num acordo com o Governo para que seja concedido um reajuste maior para os aposentados e pensionistas que recebem mais de um salário mínimo.

"Vou insistir com o Governo para que seja feito o acordo. Esse acordo é muito importante, mas se não acontecer, vou reunir os líderes para discutir a inclusão dos projetos [de interesse dos aposentados] na pauta de votações", disse Temer após receber em audiência os representantes de aposentados e parlamentares.

Os aposentados pediram ao presidente da Câmara que coloque em votação na próxima semana os projetos que tratam do fim do fator previdenciário, do reajuste igual ao do salário mínimo e o da recomposição dos valores dos benefícios pagos, caso o Governo, aposentados e centrais sindicais não cheguem a um acordo.

Os aposentados foram a Brasília para uma reunião com o ministro Luiz Dulce, da Secretaria-Geral da Presidência da República, técnicos do Ministério da Previdência, deputados e representantes das centrais sindicais, mas o encontro foi transferida para a segunda-feira (24).

O senador Paulo Paim (PT/RS), que acompanhou os aposentados no encontro com Temer, pediu a eles que mantenham a mobilização até o fechamento de um acordo ou até a votação dos projetos, pois, até o momento, o Governo não apresentou sua proposta.

O presidente da Confederação dos Aposentados e Pensionistas (Cobap), Warley Martins, informou que numa pesquisa com mais de 60 mil aposentados, mais de 90% disseram que não querem negociar o pacote (os projetos).

"Então vamos ver qual é a proposta do Governo na reunião de segunda-feira para ver se a gente concorda ou não com ela", disse.

"O Governo está enrolando a gente, já é a quarta reunião. Não sai proposta nenhuma. Vamos esperar que a saia a proposta na reunião de segunda-feira", disse Warley.

Segundo ele, para os aposentados é muito importante que os projetos sejam votados.

"Não podemos jogar fora esses projetos, ainda mais que o ano que vem é ano de eleição, a gente tem uma grande vantagem que os deputados vão votar com a gente", afirmou.

O Governo vem negociando com os aposentados e pensionistas a concessão de um reajuste maior no ano que vem para aqueles que recebem mais de um salário mínimo de benefícios, além de mudanças nas regras do fator previdenciário, em troca da votação dos projetos de interesse dos aposentados que estão tramitando na Câmara.

Se for fechado um acordo, caberá ao deputado Pepe Vargas (PT/RS) a elaboração de um substitutivo às propostas para ser votado na Câmara. (Fone: Agência Brasil)

Agenda Política

Representantes da centrais debatem a reforma com relator da matéria
Reunião marcada para as 10h, na residência oficial do presidente do Senado
Esta vai ser a 1º audiência pública realiza pela comissão especial
Seminário de lançamento, com mais de 200 parlamentares, na quarta (8)
Comissão mista do Congresso poderá debater parecer favorável do relator
Comissão mista do Congresso pode votar parecer favorável do relator
Comissão mista do Congresso poderá ser instada nesta quarta-feira (8)
Agenda completa

Notícias

Veja mais notícias

Publicações do Diap

  1. Estudos Políticos
  2. Quem foi Quem
  3. Estudos Técnicos
  4. Cabeças do CN
  5. Educação Política
Veja mais publicações

Canal Diap

Acessar o canal

Nós apoiamos

Nossos parceiros